crônica

Memória

Publicado em 4 de dezembro de 2018, por Jan Parellada
Compartilhar
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Graças à idade,
posso contar com família,
posso contar com amigos,
e toda sorte de benfeitores.

Depois do 50,
posso gastar economias,
posso beber sozinho,
e preencher formulários.

Aos 54,
Posso ser descuidado,
posso ser nostálgico,
e resgatar pecados.

Quase aos 57,
posso quase tudo,
só não posso confiar
na memória.
Sobre o que …
eu estava …
escrevendo mesmo… ?

Compartilhar
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter